30 de novembro de 2011

COPYDOC patrocina a maior PLANTA do Bairro da Boavista em VINIL Laminado


O que é o EVA?
Na sua segunda edição, EVA – Exclusão de Valor Acrescentado, projecto de Residências de Criação Artística, inicia-se em Outubro por 7 bairros na Área Metropolitana de Lisboa,
Esta iniciativa promovida pelo Clube Português de Artes e Ideias em parceria com o Programa Escolhas e outras entidades.
EVA no Bairro da Boavista
No Bairro, encontra-se a  artista , Joana Matta, para  ajudar artista  tem um grupo de jovens do projecto Ser Maior (entidade parceira) a recolher depoimentos, filmagens e fotografias para ser passados para net. Ao mesmo tempo está a decorrer a construção do mapa do Bairro em grandes dimensões (pouco vistas) no Bairro.
Após ter sido feito um pedido, a Copydoc (Copydoc é o maior grupo de Centos de Cópias na Grande Lisboa a Sul do Tejo) quis apoiar este projecto, patrocinando a gigante planta em vinil laminado!
Com toda a eficiência, simpatia e generosidade, propuseram e surpreenderam-nos ainda mais com um tipo de vinil preparado para funcionar como quadro branco para rabiscar!
Disponibilizando-se para os próprios procederem à aplicação do dito vinil laminado na estrutura construída pela artista, em 10minutos o mapa ergueu-se perante os olhos presentes! Nada como profissionais!
O resultado final… só dia 17 de Dezembro!

Grande Prémio do Fado (juvenil) - Luana Coelho Ramos


Caros Amigos, 

Está a decorrer o concurso Grande Prémio do Fado (juvenil) é organizado pela RTP e a Rádio Amália. E a jovem Luana Coelho Ramos participou neste concurso, precisamos do vosso apoio. 

Para tal, basta telefonar para 760 100 313 já está ajudar. 

Luana Coelho Ramos, estamos contigo!

Parabéns - Projecto da Gebalis distinguido pela Fundação LIGA Portuguesa do Deficientes Motores


Por Bruno Abreu - Jornal A BOLA

A Dona Rosa estava há 36 anos deitada numa cama. Nesse tempo as suas actividades não passavam do leito, pelo menos sem ajuda. Funcionárias da Santa Casa da Misericórdia iam diariamente ao seu apartamento, no bairro da Quinta do Ourives, em Lisboa, para a auxiliar com a alimentação, banhos e para limpar a casa. Mas essa ajuda deixou de ser necessária.

A Gebalis, empresa que gere os bairros de Lisboa, investiu na casa da Dona Rosa, que pode usufruir dela graças às novas tecnologias. O projecto recebeu esta terça-feira a distinção «Selo Acesso», prémio dado pela Fundação LIGA - Liga Portuguesa do Deficientes Motores, fundada em 1954, que promove o auxílio a quem tem dificuldades de mobilidade - como reconhecimento pelas boas práticas em favor dos deficientes motores.

«Em diversas deslocações a casas geridas pela Gebalis constatámos que a reabilitação normal não servia as necessidades dos utilizadores. Começámos então as boas práticas e apercebemo-nos que a LIGA ia lançar a distinção. Candidatámo-nos, fomos avaliados e recebemos o primeiro ‘Selo Acesso’», contou a A BOLA Miguel Ganhão, arquitecto da Gebalis, responsável pela zona sul de Lisboa.


A casa da Dona Rosa

A Dona Rosa teve direito a uma casa à sua medida. O apartamento de 60 metros quadrados não dava para grandes invenções, mas tudo se arranjou: uma cadeira permite que saia da cama e ande pela casa. Se for à cozinha, os balcões e os armários baixam-se (literalmente) até à sua altura, facilitando o acesso a tudo o que precisa. A casa de banho também foi adaptada para poder tomar banho sozinha e, ao lado da sua cama, foi instalado um painel electrónico para que possa acender e desligar luzes, ver quem está à porta, etc.

Tudo isto custou 18 mil euros à Gebalis, que vai contando com a ajuda de vários parceiros que ajudam a adaptar as casas aos seus inquilinos. «Este projecto é a menina dos nossos olhos e já estamos a estendê-lo», acrescenta Miguel Galrão.

Primeira casa totalmente wireless

No Bairro da Boavista, está a ser preparada outra casa. Um jovem de 24 anos, que sofre de paralisia cerebral, está completamente dependente de ajuda, pois só mexe o pescoço e as pontas dos dedos. Por isso a tecnologia vai dar uma mão, naquela que será a primeira casa totalmente activada por wireless. «Desta forma vai-se conseguir a autonomia do jovem, que poderá controlar tudo na sua habitação», diz o arquitecto. O projecto estará terminado no fim de Janeiro.

29 de novembro de 2011

Venda de Natal - Quinta-Feira, 1 de Dezembro



A VENDA DE NATAL da Paróquia, será na próxima quinta-feira, dia 1 de Dezembro pelas 11h00  . Será no salão paroquial, situado no lote 50, Cave (junto à creche do Bairro). 


Haverá um mini bar estará também aberto no decorrer da Venda de Natal. Passemos por lá porque essa será uma forma de colaborarmos com a Paróquia na angariação de fundos…

27 de novembro de 2011

Fado reconhecido como património Imaterial da Humanidade




Por Redacção do Jornal da BOLA 
A candidatura portuguesa de elevar o fado a património imaterial da Humanidade junto da Unesco foi aprovada há minutos em Bali, na Indonésia.

Para assinalar o momento, e na falta de um fadista na sala, o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, usou o telemóvel para passar «Estranha Forma de Vida», de Amália.

O embaixador junto da Unesco, Fernando Andresen Guimarães, comentou a distinção. «Portugal tem muitas possibilidades, mas ainda estamos a digerir a de hoje, esta é a noite do fado. Agradecemos a quem participou nesta candidatura e sente que o fado é a sua identidade nacional», disse à TSF. 

A reunião, com várias horas de atraso, terminou de seguida, sendo 20 horas de acordo com a hora local. As restantes candidaturas, e são ainda nove, serão avaliadas segunda-feira

O Presidente da República congratulou-se com a decisão da UNESCO de designar o Fado como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Numa mensagem colocada no site da presidência, minutos depois do anúncio, Cavaco Silva mostrou a sua satisfação:

«Foi com profunda satisfação que tomei conhecimento da decisão, tomada na VI Reunião do Comité Internacional da UNESCO, de integrar o Fado na lista representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Este reconhecimento constitui um motivo de orgulho para todos os Portugueses: a partir deste momento, o Fado é reconhecido como um Património de toda a Humanidade, um valor inestimável no presente e uma herança cultural importante para as gerações futuras.

Quero felicitar todos os que, mais directamente, estiveram envolvidos na preparação, desenvolvimento e divulgação desta candidatura. O seu sucesso é também o sucesso de todos os que, ao longo de mais de um século, viveram, trabalharam, escreveram e cantaram o Fado. Estão de parabéns os fadistas, os poetas, os músicos, os compositores, os estudiosos e todos os que contribuíram para fazer do Fado uma melodia universal.»

24 de novembro de 2011

Maquina do Tempo - Vamos Recordar as Pessoas



Através do facebook, pedimos aos nossos amigos facebokianos para recordar nomes de pessoas que vendiam algo no Bairro, e certo modo marcaram pela sua própria característica. 

"Vamos lembrar de pessoas que viveram ou vivem no Bairro. Por exemplo, quando me lembro do Bairro, lembro da Lena Má que devia fruta na rua. Concordam? Dêem outros nomes!" 

Gostavas de participar, através de um comentário? Visite o blogue http://www.facebook.com/bairrodaboavista/posts/2029265026013?notif_t=like e deixe o seu comentário.

Vamos começar as recordações dos nossos amigos do facebook:

 Maria Gabriela Duarte Runa Eu tambem me lembro de mais alguns o petrolino, a leiteira, a bolinhas que vendia bolos na escola,a tia Lucinda sardenta que vendia baunilha so me lembro de gente que vendia coisas boas que saudades :(

Ramos Gina eu lembro me da dona luisa k vendia uns bons cachorros

Teresa Castro Costa eu lembro me da ti mariana dos pirolitos e da ti carvalhinha do mesmos, e da ti santinha k vendia lixivia e o ti avelino das jelados mas a tantos k agora nao me lembro, e tambem a careca ke vendia fruta e ortalisa e a mini saia k vendia peixe, a ti adelia do cafe a ti anuciassao da lixivia a ti baixinha do calsado.

Carlos Paulo POIS !! Eu vivi no bairro de 1964 a 1971 e já nao m lembro de ninguém ...eu morava nessa altura nos anos 60 e 70 na rua das hortensias e os meus avós ate tinha uma amoreira em k as pessoas do bairro iam apanhar amoras ...

Sonia Goncalves Eu lembro do cristo k já saiu do bairro à 25 anos

Leonor Matilde Leonor Matilde por falar em fruta, lembro-me do carlos da fruta . e do tio avelido dos gelados.........

Silvia Peixoto lemro-me da Isilda dos bolos,á tarde anadava de rua em rua a vender bolos e tambem me lembro da senhora que vendia o bolo chines

Vânia Dias hum bolo chines..é a D.luisa...custava 50 escudos

Catia Dias a tia lecinda sardenta com os pirulitos......saudades..

Bela Runa eu lembro-me da senhora que vendia a fava rica ,e dos filmes do sr.fakir que era o nosso cinema, lembro me da avo do meu marido tia maria que vendia doces e a tia candida da baunilha avó do meu amigo Teófilo, lembro-me tia baixinha e da tia Albertina do aires que vendia sapatos. e quem se lembra da tia Maçaroca, mãe do Calita, que vendia plásticos.‎* tia Arminda Maçaroca. lembro-me também do sr.Faquir, que acordava o bairro com o megafone e dizia o boletim metereológico " Bom dia, está um lindo dia de sol, são 7h da manhã"

Manuela Pereira eu lembro.me do carapico sapateiro,

Antonio Joaquim Eu Lembro-me e tenho saudades dos tempos em que havia respeito e em que toda a gente era amiga de todos. Lembro-me dos derby´s entre o social -águias, das provas de atletismo dos aniversários dos mesmos clubes, da fanfarra que acordava o bairro e dos verdadeiros santos populares. Tenho saudades de todos aqueles moradores que que já partiram mas que tornaram todos estes momentos memoráveis. Quem se lembra do Jaime Preto marido da titina, que vendia bebidas em casa e estava sempre À porta a comer amendoins. da trapeira a mãe do Agustinho e do Proença.


Claudia Costa eu lembro-me dos gelados da ti Luisa da rua 4º, lembro-me das compras no zeca (ainda quando era na parte de baixo do bairro), lembro-me da ti lucinda e dos seus pirolitos e baunilha, da ti Lurdes e dos doces da fininha.  Lembro-me do trinitá que punha o bairro em alvoroso, eu nunca o vi mas nunca me hei-de esquecer que o bairro ficava vazio quando se falava dele.


Ana Peixoto EU LEMBRO ME DO VICENTE DA CARALHEIRA KE VIVIA NA RUA DA PADEIRA E DA TI IRENE DOS BURROS KE SE NAO ESTOU EM ERRO ERA MAE DA LENA MA







23 de novembro de 2011

Cidadãos vão plantar mais de 1500 árvores em Lisboa

Sandra Gonçalves - Diário Digital 

(continuação)
Ao todo serão plantadas cerca de 1500 árvores por cidadãos e por alunos de escolas de Lisboa. Em 2011 comemora-se o Ano Internacional das Florestas e, com esta iniciativa, a CML procura sensibilizar a população para a importância da preservação da floresta.


Assim, dia 23 de Novembro, ao longo de todo o dia, a câmara assinala o Dia da Floresta Autóctone através de um conjunto de iniciativas, dirigidas à comunidade escolar e público em geral, que terão lugar no Parque Florestal de Monsanto (Encosta do Casal de Sola, Alto da Ajuda e junto ao Bairro da Boavista) e no Centro de Interpretação de Monsanto, que visam divulgar a importância ambiental e económica da conservação das florestas e a necessidade de as salvaguardar da destruição.  

Pelouro da Educação da Junta de Freguesia de Benfica - Regime de Empréstimo de Longa Duração de Manuais Escolares


Já está a decorrer o Regime de Empréstimo de Longa Duração de Manuais Escolares, promovido pelo Pelouro da Educação da Junta de Freguesia de Benfica.

Até à data já nos foram entregues por parte de pais e/ou encarregados de educação mais de 1.500 manuais, dos quais foram emprestados 57, que beneficiaram um total de 24 agregados familiares.


Apelamos a todos que tenham manuais do 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico e que já não careçam dos mesmos, que os doem à Junta de Freguesia, pois só mediante a colaboração de todos é que podemos construir um futuro melhor para a nossa comunidade.


A sua participação é essencial!


Se precisar de mais algum esclarecimento basta contactar o Pelouro da Educação da Junta Freguesia de Benfica através do numero telefone 217123000 ou por e-mail  vogaleducacao@jf-benfica.pt

22 de novembro de 2011

Pelouro da Educação da JF-Benfica investe numa aluna Multideficiência



O Pelouro da Educação tem vindo a investir com vista a promover uma educação de qualidade em Benfica, de modo a contribuir para o sucesso educativo de todos os alunos, nomeadamente os mais desfavorecidos. 

Neste contexto, e tendo conhecimento da falta de condições de aprendizagem de uma aluna da unidade de Multideficiência da EB1 Arquitecto Ribeiro Telles (Bairro da Boavista), logo envidou esforços no sentido de proporcionar os meios necessários a esta criança, através da aquisição de equipamento específico ao seu estado físico para que pudesse vir a melhorar o seu rendimento escolar: uma cadeira de rodas com acessórios de correcção.

Assim, numa acção concertada entre o Pelouro da Educação, a Direcção do Agrupamento de Escolas Pedro de Santarém, a referida Escola Arquitecto Ribeiro Telles e o avô da menina, foi possível tornar o sonho realidade, melhorando o bem-estar do quotidiano desta criança, bem como dos seus familiares, com este novo e tão necessário equipamento.
O dia de entrega de cadeira foi um dia de festa, onde a alegria tocou no coração de todos: familiares, técnicos, professores e colegas da turma da nossa “princesinha”.


Esta informação foi retirada do site da Junta Freguesia de Benfica

21 de novembro de 2011

Fórum Lisboa, uma sessão dedicada aos Bairros Municipais


# Bairros Municipais em Debate na Assembleia Municipal de Lisboa
A Assembleia Municipal promoveu, dia 19 de Novembro, no Fórum Lisboa, uma sessão dedicada aos Bairros Municipais, organizada em dois Painéis, cada um seguido de um período de debate. A primeira parte dos trabalhos teve como oradores o sociólogo Nuno Miguel Abrantes, o deputado municipal Arqtº Francisco Silva Dias e a Vereadora Helena Roseta; o segundo painel: “A Voz dos Bairros”, contou com a intervenção dos agentes locais.
  Debate sobre Bairros Municipais Debate sobre Bairros Municipais  Debate sobre Bairros Municipais  Debate sobre Bairros Municipais  Debate sobre Bairros Municipais    
A Presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, Simonetta Luz Afonso, presidiu à sessão de abertura do debate, referindo a importância de reflectir sobre as mudanças que se têm operado em Portugal nas últimas décadas, depois de se ter assistido a um forte processo de urbanização, simultâneo a uma mudança social de grande amplitude a todos os níveis. Numa altura em que o município de Lisboa vem procurando melhorar o seu modelo de gestão dos bairros, (que têm na sua génese uma política de erradicação de alojamentos precários), tornando-o mais eficiente e adequado à dinâmica social que lhe é transversal, há que “prosseguir o caminho que acolhe a interculturalidade, a intergeracionalidade, a justiça, a solidariedade”, concluiu a presidente da AML.
 
  Debate sobre Bairros Municipais  Debate sobre Bairros Municipais  Debate sobre Bairros Municipais  Debate sobre Bairros Municipais 
 Seguiram-se as intervenções dos três oradores do primeiro painel: o sociólogo Nuno Miguel Augusto, com “Modelos sociais e situação económica”; o Arqtº Francisco Silva Dias com “Bairros Saudáveis, Bairros Amigos” e a vereadora do pelouro da Habitação, Helena Roseta, com “Novas Regras nos Bairros – Perspectiva Legal”.
A vereadora Helena Roseta (veja aqui a sua intervenção) fez um balanço da evolução da situação da habitação social e adiantou as perspectivas de futuro, destacando os 35 Bairros que foram incluídos na “Carta dos BIP/ZIP” (Bairros e Zonas de Intervenção Prioritária de Lisboa) e a elaboração do novo quadro regulamentar da Habitação Municipal com regras claras, mais justiça, equidade e participação. A autarca lembrou que está a ser feito um levantamento para “saber quem mora nas casas municipais e quanto paga de renda”, que vai contribuir para garantir em Lisboa “mais casas para quem precisa”.

 Após uma curta pausa, durante a qual teve lugar uma expressiva apresentação de danças africanas pelo grupo “Kukinas”, do Centro de Arte e Formação da Junta de Freguesia do Lumiar, teve início o segundo painel, com as intervenções dos representantes de associações de moradores, instituições, colectividades e grupos comunitários, de várias freguesias e bairros de Lisboa.
Fernando Braancamp, presidente da Junta de Freguesia do Alto do Pina e da Comissão Permanente de Habitação, Reabilitação Urbana e Bairros Municipais, encerrou os trabalhos, considerando que "os objectivos do debate foram alcançados" e recordando que as questões relacionadas com a construção e gestão dos bairros “não se esgotam neste debate” e dizem respeito, “não só a quem lá vive mas também a todos os munícipes”.

Esta noticia foi retirada do site da Câmara Municipal de Lisboa

19 de novembro de 2011

Visita de Trabalho do PCP de Benfica, Miguel Tiago e João Pereira



Hoje, 19 de Novembro recebe mos o deputado da Assembleia da Republica, Miguel Tiago e João Pereira, Vogal do Desporto e da Juventude da Junta Freguesia de Benfica (ambos do Partido Comunista Português).

A visita teve o objectivo de ouvir os moradores e relatar as suas queixas. Houve oportunidade visitar os dois clubes, alguns comerciantes, Associação Comerciantes e Associação Moradores. Conta, João Pereira, que o grupo de trabalho visita várias vezes ao ano, para acompanhar o dia-a-dia do Bairro da Boavista. 

16 de novembro de 2011

Tire todas as suas dúvidas – Simulador de Calculo de Renda do Agregado


A Câmara Municipal de Lisboa tem ao serviço da população que reside em Bairros Camarários um simulador de cálculo de renda. Em tempo real podem saber o valor mensal da sua renda (tanto Social ou Apoiada). Para tal, basta ir ao link http://simuladorderenda.cm-lisboa.pt.

Vamos dar o exemplo do Sr. António Silva (este agregado não existe), de modo ajudar a preencher os campos que lá vão encontrar.

O Sr. António Silva (nasceu em 1 de Novembro de 1950) tem 61 anos e seu agregado familiar é composto por 12 elementos (8 adultos com mais 25 anos, um jovem 18 a estudar e três crianças entre os 4 aos 12 anos, mas um deles é deficiente com 60 % incapacidade). O rendimento bruto anual do agregado foi de 14 mil euros (14 meses) em 2010.

Este agregado paga de renda social de 218€ e tem uma despensa em medicamentos anual 1200 euros (medicamentos para deficiente).

Vamos começar o simulador de cálculo de renda!






 Required Field Icon



 Required Field Icon
 Required Field Icon (Renda Social) Required Field Icon (Renda Apoiada)
 
 Required Field Icon Calendar 
  €
 Required Field Icon  €
 Required Field Icon

  €
  €
 Sim

15 de novembro de 2011

Campanha de Recolha de Bens Alimentares em Benfica - Novembro e Dezembro



A Junta de Freguesia de Benfica irá proceder à Recolha de Alimentos para Cabazes de Natal

As equipas são constituídas por Voluntários do Núcleo de Voluntariado de Benfica Seniores e Monitores dos Passeios de Setembro.

Esta iniciativa tem a colaboração de:
  1. Agrupamento de Escuteiros 57 (de 12 /11 a 4/12)
  2. Agrupamento 78 – Escoteiros de Benfica;
  3. Associação de Estudantes da Escola Superior de Comunicação Social (de 1 a 15/12)
  4. Projecto Ser Maior (14 a 18/11)
  5. Núcleo de Voluntariado de Benfica – equipas de 3; com a coordenação de um voluntário com experiência.
Estas equipas vão estar devidamente identificadas com um colete e cartão da Junta de Freguesia de Benfica.
Produtos preferenciais:
Preferencialmente, massas, arroz, açúcar, leite, conservas, azeite, óleo, farinha, cereais, papas, fraldas, produtos de higiene.

1ª Reunião do GABIP - Eco - Bairro da Boavista Ambiente +



Hoje, 15 de Novembro realizou-se a primeira reunião do GABIP – Gabinete de Apoio ao Bairro de Intervenção Prioritária do Bairro da Boavista no quadro do projecto Eco - Bairro da Boavista Ambiente +. Hoje a reunião foi apresentação do projecto para o Bairro, quem presidiu a comissão executiva de trabalho foi a Vereadora da Habitação, Arq. Helena Roseta, Presidente da ARMABB - Associação Recreativa de Moradores e Amigos do Bairro da Boavista, D. Gilda Caldeira e a Presidente da Junta Freguesia de Benfica, Dra. Inês Drummond.

O que é o  GABIP?
Resposta: O GABIP é um grupo de trabalho que irá estar reunido quinze em quinze dias, para debater os problemas do bairro da Boavista.

Quem pertence ao GABIP?
Resposta: O GABIP tem duas comissões, a comissão executiva e a comissão alargada, ambas são presididas pela Administradora da Gebalis, Dra. Helena Correia e Arq Jorge Subtil da Direcção Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social . A executiva é constituído por 13 membros, eles são: 6 representantes das direcções municipais/gabinetes dos vereadores, um representante da Gebalis, um representante da Epul, um representante da JF-Benfica, um representante da ARMABB, mais 3 representantes convidados. A comissão alargada é todas as entidades constituintes do GABIP , bem como todas as entidades promotoras ou parceiras além da CM-Lisboa e das Empresas Municipais.

 Esta reunião decorreu durante duas horas e meia, na sala estava presente 25 pessoas. Esta reunião foi realizada por duas partes, a primeira parte foi apresentação do projecto. A segunda parte foi responder as perguntas feitas pela Associação Recreativa de Moradores e Amigos do Bairro da Boavista. Muitas foram respondidas, outras serão respondidas ou esclarecidas mais tarde.

Foi marcadas duas novas datas, mas os membros do GABIP já marcaram visitas ao Bairro para resolver algumas questões, nomeadamente na segurança rodoviária.

Gostava que fosse esclarecido alguma questão? Basta enviar-nos um e-mail para GERAL.ARMABB@GMAIL.COM

13 de novembro de 2011

Duelo no Oeste - Jordão Almeida - 19 de Novembro



No próximo dia 19 de Novembro realizar-se no Pavilhão São Gonçalo em Torres Vedras, mais uma edição da Gala Duelo no Oeste com a organização de Pedro Kol da Kol Machine Produtions.
Este evento inicia-se às 20h30 e vai contar com 2 combates internacionais sendo que os cabeças de cartaz são: Diogo Neves (S.C.P)  VS Steve Marchione (Profighting, Roma, Italia), Kokixo VS Luigi Notargiacomo e Nuno Duran VS Fernando "Zenga" Machado.
O Team Covinhas irá ser representado pelo jogador Jordão Almeida, este, irá combater com o Frederico Cunha do Dinamite Team, será um combate amador.

Será uma gala a não perder, vamos todos apoiar o Jordão!

12 de novembro de 2011

Debate sobre: "Bairros Municipais" - 19 de Novembro




Organizado pela Assembleia Municipal de Lisboa. Dia 19 de Novembro de 2011, pelas 14:30 no Fórum Lisboa. (clique sobre a imagem para saber mais)
Para um conhecimento mais aprofundado, consulte o Plano Integrado de Gestão e Requalificação dos Bairros Municipais.
Para mais informações acerca das politicas e iniciaticas do Pelouro da Habitação da CML, clique aqui.

11 de novembro de 2011

Dia do Magusto no Bairro da Boavista




Mais uma acção realizada pela Associação Recreativa de Moradores e Amigos do Bairro da Boavista.

Hoje, 11 de Novembro é dia de comemorar o Magusto. Já muitos deixaram de comemorar, mas por aqui,  ainda não foi desta.

Pouco a pouco os vizinhos perderam a vergonha, e lá iam comer uma boa castanha assada. Saíram muitos pacotes (feitos em jornais) com castanhas, quentinhas e boas. Um dos muitos objectivos da Associação de moradores é o convívio entre moradores do Bairro da Boavista.

Ainda houve tempo de provar a água pé e licores de castanha, amora e ginja. 

Agradecemos desde já à Junta Freguesia de Benfica, por ter oferecido duas sacas de castanhas.