27 de junho de 2009

Férias Desportivas no Bairro da Boavista

Férias Desportivas

No Bairro da Boavista


Nos próximos meses de Julho e Agosto irão decorrer as Férias Desportivas, nas quais poderão participar todos os jovens que estão inscritos nos Projectos em Parceria com o “Desporto Mexe Comigo” da Câmara Municipal de Lisboa. As entidades parceiras são SAFC (Serviço de Apoio à Família e Comunidade) da Santa Casa da Misericórdia Lisboa, Projecto Ser Maior do Programa Escolhas e o Projecto de Rua do Instituto de Apoio à Criança. Os participantes vão ter oportunidade de participar em actividades únicas e espectaculares, como por exemplo: visitar a Quinta Pedagógica, Ténis de Mesa, Patinagem, Jogos no Monsanto, Visitar o Museu da Presidência da República, Peddy Papper em Sintra, ir até às Piscinas em Miraflores, Atelier de Expressão Plástica, Capoeira, Cinema, Baile, Rugby e muitas outras que decorrerão no Pavilhão Municipal do Bairro da Boavista, das 10h às 19h, nos dias que vêm indicados no folheto de publicidade às Férias Desportivas. Vão ser férias em grande no Bairro da Boavista!

Para mais informações visite um dos parceiros deste projecto.



Programa das Férias Desportivas


Caça ao Tesouro no Bairro da Boavista


Caça ao Tesouro
No Bairro da Boavista


Os jovens do Projecto “Ser Maior” saíram à rua para a realização duma actividade conhecida por todos nós, a Caça ao Tesouro. Esta actividade foi planeada e organizada pela estagiária Neusa Martins e juntou cerca de 25 jovens dos 13 aos 20 anos. Formaram-se 4 grupos, tendo cada grupo criado um nome e desenhado o seu estandarte. Esta Caça ao Tesouro teve 10 etapas, distribuídas pelo Bairro e pelo Parque do Monsanto; em cada etapa havia perguntas ou uma actividade a realizar, as perguntas eram alusivas à história do Bairro. Este percurso tinha cerca de 7 km. Esta actividade contou com a colaboração de alguns comerciantes, dos técnicos do Espaço Jovem – Ser Maior, a Tânia (estagiária) e o Joaquim Pinto (jovem do espaço e autor do Blogue do Bairro da Boavista).

No final (o tesouro) era um bom lanche e a confraternização entre os grupos.




Um dos grupos a procurar os envelopes.




Numa das actividades a elaborar em grupo.

19 de junho de 2009

Projecto Ser Maior no Inovexpo

-

Esta exposição on-line tem por objectivo a construção de um portfolio colectivo de actividades inovadoras - não só pela sua natureza mas também pelos objectivos que pretendem atingir - desenvolvidas pelos projectos financiados pelo Programa Escolhas no âmbito dos CID@NET - Centros de Inclusão Digital. Programa Escolhas (http://www.programaescolhas.pt) é um programa governamental que visa a promoção da inclusão social de crianças e jovens provenientes dos contextos socioeconómicos mais vulneráveis, particularmente os descendentes de imigrantes e minorias étnicas, tendo em vista a igualdade de oportunidades e o reforço da coesão social.

Assim, de uma forma colaborativa - utilizando para isso um wiki, procuraremos desta forma sistematizar a inovação social decorrente dos 110 CID@NET implementados por todo o país. Esta exposição pretende, acima de tudo, demonstrar como as novas tecnologias podem ter um papel importante na redução de desvantagens competitivas e aumento da auto-estima, promovendo a inclusão digital e social de crianças e jovens.

E um dos 110 CID@NET, o Projecto Ser Maior (Bairro da Boavista), hoje dia19 de Junho de 2009 apresentará o projecto Foto Digital (http://inovexpo.pbworks.com/C-064++++Ser+Maior) pelas 15 horas.

-

Foto Digital

-

Esta actividade consiste na apresentação, entre o lúdico e o pedagógico, aos instrumentos e técnicas de captura e edição de imagem. Os destinatários incluem jovens entre os 12 e os 23 anos acompanhados pelo projecto.

-

Captura de imagem

Objectivos:

- Ultrapassar ideia de que fotografia/vídeo só servem “para pôr no hi5”

- Transmitir um pouco do enorme potencial da imagem:

- Como instrumento de arte

- Como meio de comunicação/informação

- Como força de mudança social

- Como forma de preservar a própria história

- e muito mais

Edição de imagem

-

Objectivos:

- Dar a conhecer alguns programas de edição de imagem

- Dos mais simples (como MS Paint)..

- Até aos mais complexos (como o MS PictureIt! ou o Photoshop)

- Explorar o potencial destas ferramentas

- Com temas/exemplos relacionados com interesses dos destinatários

- Treinar a navegação no computador e na Internet.

-

Em conclusão, esta actividade permite:

- Estimular a sensibilidade, a criatividade, o sentido do detalhe

- estimular um novo olhar, mais atento e mais rico, para o mundo que nos rodeia.

- Promover a imaginação e a auto-expressão

-

Dúvidas sobre a Foto Digital?

-

Visite-nos em http://inovexpo.pbworks.com/C-064++++Ser+Maior





17 de junho de 2009

O Jornal “O Boavistão”


O Jornal “O Boavistão”
......
O jornal “O Boavistão” é promovido pela Escola EB1 Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles (Escola N.º125), e conta com a participação de todos os alunos, professores, auxiliares, animadoras, técnicas do Gabinete de Apoio ao Aluno e à Família (GAAP), e Projecto Ser Maior. No jornal podemos encontrar Informação sobre a Saúde Alimentar, Cuidados a ter na Praia, Passatempos, Comemoração de Dias Festivos (Dia Mundial da Criança, Dia da Mãe, Santos Populares, Dia da Liberdade, Dia Mundial da Terra, entre outros), e informações relativas a eventos promovidos pela Escola.

Este jornal custa a módica quantia de 50 cêntimos, e é distribuído pelos alunos da escola.
.

Formação “Gestão e Mediação de Conflitos”


Formação

“Gestão e Mediação de Conflitos”

Já se iniciou a Formação de “Gestão e Mediação de Conflitos”. Esta formação decorre no Centro de Acolhimento Infantil (CAI) do Bairro da Boavista, organizada e promovida pela DIRH/Unidade Formação e Desenvolvimento/DQI e tem o apoio da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa. Esta formação tem como alvo a comunidade do Bairro e os funcionários do CAI – SCML. Consta de seis sessões: dias 16, 18, 23, 25 e 30 de Junho e dia 2 de Julho. Cada sessão tem a duração de três horas (das 17.30m às 20.30m).

Plano de formação

Destinatários: Funcionários da SCML e a Comunidade do Bairro (Moradores, Instituições).

Duração: 18 horas (3 horas por cada sessão).

Horário: Pós-Laboral – 17.30m às 20.30m (dias de Semana)

Promotor: DIRH/Unidade Formação e Desenvolvimento/DQI

Objectivo Geral:

1.- Conhecer e aplicar os conceitos/técnicas de Segurança.

2.- Dominar as noções básicas de primeiros socorros.

Conteúdos Programáticos:

1.- Noções básicas de Segurança

a) Conceito de segurança

b) Segurança Organizacional

c) Ameaças.

2.- Segurança das instalações

a) Segurança e Vigilância

b) Segurança Humana

c) Segurança Tecnológica

d) Prevenção dos Riscos

e) Reacção.

3.- Procedimentos em caso de acidente ou catástrofe

a) Incêndio

b) Sismo

c) Cheia

d) Trovoada

e) Gás

f) Planos de Emergência

g) 112.

3.- Como lidar com objectos suspeitos ou perigosos

a) Ameaças Químicas e Biológicas

b) Engenhos Explosivos.

4.- Apoio Mútuo – Instituição/Comunidade

5.- Curso básico de primeiros socorros

-
-

11 de junho de 2009

Limpeza Solidária a volta da Igreja de São José

-
Limpeza Solidária a volta da Igreja de São José
-
Hoje 10 de Junho - Dia de Portugal, vários moradores do Bairro da Boavista e membros da Comunidade Paroquial da Igreja São José juntaram-se e meteram mãos à obra. Depois da escritura dos terrenos da actual igreja e da futura igreja, durante este feriado, que para outros foi de férias, estas pessoas deram umas horas boas, voluntárias e solidárias com a comunidade católica. Às 9.00h da manhã, deu-se início à limpeza do espaço que circunda a igreja. Havia muito entulho, seringas, latas, plásticos e muitas ervas secas. Só para terem uma noção do que haviaali, encheu-se três contentores grandes de ferro.
Parabéns a todas as pessoas que ajudarem nesta causa. Eu também estive lá, mesmo se pouco tempo (4 horas). Mas ajudei, e nunca é tarde para ajudar
-
-

10 de junho de 2009

Os Santos Populares no Bairro não se realizarão

Os Santos Populares não se realizarão

-

No passado dia 14 de Abril de 2009, iniciámos os pedidos para a realização dos Santos Populares de Beneficência, eu, Joaquim Pinto (autor do blogue) e outros moradores do Bairro da Boavista. Esses pedidos foram feitos por e-mail à Câmara Municipal de Lisboa (CML) e à Empresa Camarária “Gebalis – Gestão dos Bairros Municipais de Lisboa”; eram pedidos de apoios para a festa dos Santos Populares, que se ia realizar nos dias 5 e 6, 9, 10, 11 e 12 de Junho de 2009. Juntamente solicitámos materiais (por ex.: o palco, as cadeiras, as baias, o quadro de electricidade, mesas, Licenças de Ocupação Espaços e Licença Especial de Ruído e a isenção das taxas que podíamos ter que pagar) e também conjuntos musicais, se fosse possível, ou outros apoios. Recebi um e-mail do gabinete do Senhor Presidente CML – Sr. Dr. António Costa –, do qual o assunto seria reenviado para o Departamento de Apoio aos Órgãos do Município. Liguei para lá, e foi comunicado que o assunto foi reenviado para a Vereadora Acção Social – Sra. Dr.ª Ana Sara Brito. Então eu liguei; a sua secretaria comunicou que o assunto foi reenviado para a Gebalis. Entre vários telefonemas e e-mails para a Gebalis, não tive sorte de ser atendido e nem de receber qualquer resposta aos e-mails. Falei com o Presidente da Junta de Freguesia de Benfica – Sr. Domingos Pires. O mesmo mando-me falar com o Pelouro da Cultura (ainda na J. F. de Benfica), que ajudou a pressionar a Gebalis para que desse uma resposta, depois de um mês e duas semanas (quando tínhamos dado início aos pedidos para os Santos Populares). A Gebalis respondeu por carta, e não por e-mail, como tinha pedido inicialmente, dizendo que não podia ajudar, dado que eu e os outros moradores não nos candidatamos a esses apoios ou protocolos de que a Gebalis dispõe com as Entidades e Associações que trabalham nos Bairros.

Respondo só com dois pontos:

1. Nem eu nem os outros moradores somos uma associação, e por isso, logicamente, não podíamos candidatar-nos ao programa. E, mesmo assim, cada Associação trabalha para os seus interesses e não para os interesses do Bairro.

2. Se eu soubesse que amanhã ia morrer, não teria nascido. A Festa dos Santos Populares é para bem do Bairro, e também para ajudar uma jovem moradora que se encontra hospitalizada e paraplégica.

-

Há cerca de duas semanas, falámos com a Sra. Dra. Cristiana Veiga, do Pelouro da Cultura Junta de Freguesia de Benfica, por causa das Licenças Especiais de Ruído e da cedência de Espaço. A Dra. Cristinha deu-nos um formulário para preencher (para fazer os pedidos que queríamos). No mesmo dia, foi enviado por e-mail para a Divisão de Ambiente e Espaços Verdes. No dia seguinte ligaram-me da CML, da Divisão Ambiente e Espaços Verdes, a dizer a Licença de Especial de Ruído teria custos, que seria cerca de 300 euros por dia. Respondi com um "não, obrigado" (se eram 6 dias, daria um valor final de 1800 euros).

-

A Junta de Freguesia de Benfica apoiou a nossa causa desde os nossos primeiros contactos (meus e de mais alguns outros moradores). Tínhamos que fazer o pedido por escrito, e foi feito. Depois duma reunião do executivo da Junta, foram disponibilizados cerca de 500 euros, incluindo as licenças que solicitamos a Câmara Municipal de Lisboa.

-

Mas, uma vez que as Licenças chegaram apenas ontem, dia 9 de Junho, não será possível realizar os Santos Populares; não há tempo para contactar os conjuntos que já estão ocupados. Isto, para além de outros motivos.

-

Só para finalizar, tenho dizer uma coisa: é triste sermos tratados desta maneira.

-


-
Resposta da Gebalis relativa aos Santos Populares no Bairro da Boavista
-

7 de junho de 2009

Eleições dos Deputados Portuguêses ao Parlamento Europeu

-

Eleições dos Deputados Portuguêses ao Parlamento Europeu

-

Hoje, domingo (07 de Junho de 2009), os moradores do Bairro da Boavista foram as urnas, votar para o “Deputados Portuguêses” no Parlamento Europeu, nesta corrida para as eleições existiam 13 listas, apesar de muitos protestos de vários moradores, devido aos maus acessos até a Escola nº 125 onde decorreu as votações . As votações decorrer na normalidade, aos poucos a poucos vinham votar as famílias, os casais, os jovens, a etnia cigana entre muitos outros. No Bairro da Boavista, com maiores de 18 anos, estão inscritos na Junta Freguesia de Benfica, cerca de 8 mil fregueses (moradores do Bairro), no Bairro existe três secções de voto, a 25ª. 26ª e a 27ª, estão inscritos nestas secções 3485 eleitores, votaram 1274.

-

Nestes 1274, votaram!!!

-

(PS) …………. Partido Socialista – 369 votos

(CDU – PCP) .. Partido Comunista Português – 342 votos

(BE) …………. Bloco Esquerda – 165 votos

(PPD-PSD) …...Partido Social Democrática – 143 votos

(CDS-PP) ……. Partido Popular – 71 votos

Noutros 8 Partidos - 112 votos

-

-

Nulos – 29 votos

Brancos – 43 votos

-

Foram 2211 Eleitores não vieram as urnas.

-

Por causa do novo cartão único, que veio substituir o Bilhete de Identidade, veio alterar as zonas onde alguns eleitores costumavam votar (na escola do Bairro da Boavista). Devido a essas alterações, os moradores desistiram em votar.

-

-

- Nivel Nacional -
-
Apuramento dos Deputados para o Parlamento Europeu
-
PSD - 31.8% com 8 Deputados
PS - 26.6% com 7 Deputados
BE - 10.7% com 3 Deputados
CDU - 10.6% com 2 Deputados
CDS - 8.4% com 2 Deputados
MEP - 1.5% com 0 Deputados
PCTP - 1.2% com 0 Deputados
MTP - 0.7% com 0 Deputados
MMS - 0.6% com 0 Deputados
PH - 0.5% com 0 Deputados
PPM - 0.4% com 0 Deputados
PNR - 0.4% com 0 Deputados
PAUS - 0.1% com 0 Deputados
-
Abstenção 62.9% (nivel nacional)
-
Apuradas as 4260 Freguesias
-
-

3 de junho de 2009

Vamos ter um Centro de Saúde no Bairro


A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou esta terça-feira a carta de equipamentos de saúde do concelho, que aponta para a necessidade de sete novas unidades e substituição de 18 das actualmente existentes.

A proposta, subscrita pela vereadora da Acção Social, Ana Sara Brito (PS), foi aprovada com os votos contra do PCP e PEV, a abstenção do PSD, CDS-PP e BE e os votos favoráveis do PS. O documento aponta como passíveis de avançar de imediato, em terrenos municipais, as unidades de saúde no Parque das Nações, no Montinho de S. Gonçalo (Alta de Lisboa), em Carnide, Benfica (Rua Dr. Rodrigues Migueis), Campolide, Pedrouços, Vale da Ameixoeira e no Bairro da Boavista.

A carta de saúde aponta também para a necessidade de criação de mais de 1500 camas ou lugares em unidades de cuidados continuados.

A cidade necessita de 215 camas em unidades de convalescença (actualmente existem 45), 271 camas em unidades de média duração (existem 22), 719 camas em unidades de longa duração (existem 12), 219 lugares em unidades de dia e 88 em cuidados paliativos.

Para a criação destas unidades, a carta de saúde identifica 15 localizações e respectivos terrenos, onde as infra-estruturas poderão ser construídas, embora na sua maioria "a médio e longo prazo".

Jorge Penedo, do PSD, considerou que o documento "é um ponto de partida, mas podia ser um ponto de partida mais ambicioso".

Pelo Bloco de Esquerda, Lídia Fernandes sugeriu que os terrenos que venham a ser libertados pela desactivação de serviços de saúde, como o do Instituto Português de Oncologia (IPO), venham a ter "uso público, com fins sociais".


Noticia do Jornal Noticias