11 de setembro de 2015

A Câmara de Lisboa aprovou esta quarta-feira o lançamento de um concurso público para construção de 50 fogos na Alvenaria e tem custo estimado de 4,1 milhões de euros.

Substituição de casas de alvenaria avança no Bairro da Boavista, em Lisboa

Câmara de Lisboa consagra 4,1 milhões de euros à construção de 50 fogos no bairro municipal em Benfica.
O projecto que vai ser concretizado no Bairro da Boavista foi desenvolvido pela Orange DR
A construção de novas habitações para substituir as casas de alvenaria do Bairro da Boavista, na freguesia de Benfica, vai finalmente avançar. A Câmara de Lisboa aprovou esta quarta-feira o lançamento de um concurso público para a realização da empreitada, que contempla a edificação de 50 fogos e tem custo estimado de 4,1 milhões de euros.
Em Março deste ano, o município já tinha dado luz verde à construção de dois edifícios no Bairro Padre Cruz, em Carnide, para permitir o realojamento de 20 famílias que aí vivem em casas de alvenaria. Agora, num processo “gémeo” desse, como o designa a vereadora da Habitação e do Desenvolvimento Local em declarações ao PÚBLICO, chegou a vez do Bairro da Boavista.
“Este é um processo longo. Na verdade acho que os moradores já não acreditavam”, diz Paula Marques, que atribui uma importância “brutal” à proposta agora aprovada por unanimidade. Segundo a vereadora, a empreitada aí prevista será apenas a primeira das várias que o município pretende concretizar até que sejam realojados todos aqueles que hoje residem nas 510 habitações de alvenaria existentes no bairro. 

Sem comentários:

Enviar um comentário