22 de abril de 2013

VISITA AO GABIP-BOAVISTA COM DELEGAÇÃO TUNISINA



No âmbito do Programa de Ação Eco-Bairro Boavista Ambiente+, o gabinete da vereadora Helena Roseta promoveu, no dia 16 de abril, uma apresentação técnica da intervenção que está em curso no Bairro da Boavista bem como uma visita à obra, com uma delegação tunisina.
Localizado na periferia ocidental de Lisboa e cercado pelo Parque Florestal de Monsanto, o Bairro da Boavista foi construído pelo município na década de 40 para o realojamento das famílias provenientes de barracas. Foi alvo de sucessivas fases de realojamento, estimando-se a sua população atual em cerca de 5.000 habitantes sendo classificado em 2011 como Bairro de Intervenção Prioritária, integrante da Carta dos BIP/ZIP – carta integrante do Plano Diretor Municipal de Lisboa.
O arquiteto Rui Franco, coordenador do QREN/GABIP-Boavista, apresentou o modelo integrado de inovação sustentável do bairro, com financiamento europeu que, não sendo um programa de realojamento, “há questões do edificado habitacional de uma enorme premência e um elevado contributo para o ambiente urbano local”.

Vieram técnicos especialmente da Tunísia, conhecer de perto o projeto da Boavista que tem já o "reconhecimento internacional de inovação”, tendo ainda o intuito de exportar esta tecnologia de produção nacional pelo município de Lisboa.
Uma das queixas mais frequentes dos moradores é o frio, a humidade e as infiltrações dentro das casas, mesmo nas zonas mais recentes do bairro. Por outro lado, verifica-se que há fissuração evidente do reboco das fachadas destes edifícios.
Para responder a estes problemas, pediu-se apoio à Lisboa ENova (Agencia Municipal de Energia e Ambiente) e ao LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil). Foi proposta a aplicação de um revestimento que, além de resolver aquelas situações, permitirá melhorar o comportamento das fachadas e reduzir custos de manutenção.
Foram realizados, num dos edifícios do bairro, diversos ensaios com revestimento à base de argamassa de cal e cortiça para garantir a melhor escolha para o investimento a realizar.
Após concurso público para a obra, estão neste momento em curso 2 empreitadas de mais de 20.000m2 de revestimento e isolamento ecológico de fachadas .
Para uma segunda fase de obras, está a ser preparada a substituição de cerca de 3.000 janelas com 4.000m2 por novas janelas eficientes.
Conheça todo o Plano de Ação da Operação Eco-Bairro Boavista Ambiente+ aqui e veja um vídeo dos ensaios de novos materiais para melhorar o desempenho ambiental dos edifícios de habitação http://vimeo.com/39233516

Sem comentários:

Enviar um comentário