20 de junho de 2013

"Dentro de ti ò Cidade" - Exposição dos Projectos Bip Zip


Os protocolos BIP-ZIP 2013 – Bairros e Zonas Prioritárias de Lisboa - foram assinados em 18 de junho no MUDE, Museu do Design e da Moda, momento em que foi também inaugurada a exposição “Dentro de ti ó Cidade”.  Na cerimónia de lançamento desta terceira edição do BiP-ZIP estiveram presentes o presidente da autarquia, António Costa, a vereadora da Habitação e Desenvolvimento Social, Helena Roseta, a presidente de júri das candidaturas, Teresa Craveiro, presidentes de juntas de freguesia, representantes de associações e outras individualidades.
António Costa salientou a importância desta iniciativa, afirmando “que vale a pena olharmos para os três anos de caminhada que já percorremos. Nos bairros problemáticos não temos petróleo mas temos energia e sinergias para aproveitar. Dentro de cada um de nós há uma cidade e é aqui que surge a capacidade de participação, estes projetos são uma mostra disso mesmo”. Louvando a intuição da vereadora Helena Roseta enquanto mentora deste programa, o edil lembrou que já mereceu um primeiro prémio a nível internacional. “Estes projetos incentivam-nos acreditar que estamos no caminho certo”, concluiu.
Depois da assinatura dos protocolos, perante uma sala cheia e entusiasta, os participantes foram surpreendidos por um beberete oferecido pela cozinha comunitária ”Cozinha Popular da Mouraria”, também um projeto BIP-ZIP, onde foram oferecidas iguarias multiculturais como o doce de Cabo Verde, camoca, chamuças vegetarianas, limonada com hortelã, chá de especiarias, entre outras.
Dentro de ti ó Cidade 
A exposição está patente no MUDE até 27 de julho e constitui uma mostra da energia do BIP-ZIP em ação nos 30 projetos que nela estão representados. Essa energia é a alma do programa municipal BIP-ZIP, assente em parcerias locais, que desde 2011 conta já com cento e dez projetos aprovados. 
Dentro de ti ó Cidade tem como comissária Luisa Jacobetty e abre as portas ao Design, à comunidade e a outras perspetivas da sociedade. A não perder!

Sem comentários:

Enviar um comentário